Empreendedorismo

5 dicas para começar a investir sua renda como profissional autônomo

Se você ainda pensa em poupança quando ouve alguém falar sobre investimentos, está na hora de começar a se atualizar. Atualmente, o mercado dos investimentos está aquecidíssimo e vem ganhando cada vez mais espaço no dia a dia das pessoas.

Existem várias formas de investir o seu dinheiro, algumas mais arriscadas e outras com riscos praticamente inexistentes. Em um cenário tão dinâmico e cheio de possibilidades, a pergunta que nós fazemos é: por que não investir?

Preparamos algumas dicas simples e realistas para os profissionais que trabalham como autônomos e querem começar a investir para aumentar suas chances de ganhos. Boa leitura!

1. Conheça os perfis de investidor

Entender que existem diferentes tipos de investidor é o primeiro passo para entender o universo dos investimentos, já que isso irá guiar todos os outros caminhos.

Basicamente, o que define o perfil do investidor é o risco que ele está disposto a correr quando coloca o seu dinheiro em um investimento. Os três perfis mais conhecidos são o conservador, o moderado e o agressivo (ou arrojado, como alguns chamam).

Conservador

O investidor conservador é aquele que não quer correr muitos riscos, depositando seu dinheiro em investimentos seguros, com baixos riscos. Como consequência, os rendimentos também costumam ser menores e podem ser resgatados a curto e médio prazos.

Moderado

Quem tem perfil moderado já topa correr mais riscos que o investidor conservador. A principal diferença é que esses riscos são controlados.

O investidor moderado se aventura em cenários mais arrojados, mas sem apostar todas suas fichas. É como se fosse uma espécie de experimento, então ele acaba combinando investimentos conservadores com alguns investimentos arrojados.

Agressivo/arrojado

Esse é o perfil de quem não tem medo de apostar alto, o que aumenta as chances de bons rendimentos. O investidor agressivo aceita os riscos altos porque sabe que eles podem ser compensados no futuro.

Como você pode perceber, quanto maior o risco, maiores as chances de rendimentos, mas é preciso ter consciência do seu perfil para não se arrepender depois.

2. Entenda sobre os tipos de investimento

Assim como existem tipos de investidores, existem tipos de investimentos. Aqui entram outras variáveis, e a rentabilidade é a principal delas.

As aplicações financeiras podem ser divididas em duas grandes classes: as de renda fixa e as de renda variável. Os investimentos de renda fixa têm uma rentabilidade definida, que praticamente não mudam, já as de renda variável, obviamente, variam.

Investimentos de renda fixa

Esses investimentos são os mais populares entre investidores de perfil conservador e moderado, porque eles são estáveis e seguros. Veja algumas opções:

  • CDB / CDI;
  • LCI / LCA;
  • Tesouro direto.

Investimentos de renda variável

A rentabilidade desses investimentos não é estabelecida previamente, então ela pode sofrer grandes variações, mas as possibilidades de ganhos também são maiores. As aplicações de renda variável interessam mais quem tem perfil agressivo. São alguns exemplos:

  • Fundos multimercado;
  • Ações da Bolsa de Valores;
  • Fundos de ações;
  • Fundos imobiliários;
  • Câmbio;
  • Criptomoedas.

3. Aproveite as ferramentas disponíveis

Existem inúmeras ferramentas que podem te ajudar nessa jornada dos investimentos, desde softwares especializados até aplicativos que te mostram um panorama geral de suas aplicações.

A Warren é uma dessas empresas que facilitam esse processo. Nela, você pode investir seu dinheiro de forma personalizada e pagará apenas uma taxa única sobre seus investimentos – o que é 3x mais barato do que outras empresas e corretoras. Vale a pena conhecer!

Não podemos deixar de citar também outros artifícios que estão acessíveis a todos, como canais no YouTube, blogs, podcasts e outras iniciativas que se dedicam à produção de conteúdos sobre o mercado financeiro.

4. Conte com ajuda profissional

É super possível investir de forma independente, mas isso exige mais tempo, energia e esforço. Nos últimos anos, o mercado dos investimentos cresceu muito no Brasil, fato que fez surgir várias empresas para ajudar esse público emergente.

De acordo com uma pesquisa realizada pela B3 (Brasil Bolsa Balcão), entre 2019 e 2020 mais de 2 milhões de investidores entraram na Bolsa de Valores, um número bastante surpreendente.

Você pode contar com ajuda profissional para tornar o seu caminho pelos investimentos mais confortável e até mesmo seguro, já que o seu dinheiro estará nas mãos de especialistas nessas soluções.

5. Estude esse universo

Conhecimento nunca é demais, não é mesmo? Assim como em qualquer área, o setor dos investimentos está cheio de iniciativas criadas por pessoas mal intencionadas, então é preciso estudar muito e buscar entender todas as minúcias de cada aplicação antes de investir o seu dinheiro.

Felizmente, hoje em dia é possível estudar sobre esse assunto na Internet, mas se você prefere métodos tradicionais, também existem ótimos livros que abordam essa temática.

Selecionamos alguns títulos que podem te interessar:

  • O Jeito Warren Buffett de Investir – Robert G. Hagstrom
  • Investindo em Ações no Longo Prazo – O Guia Indispensável do Investidor do Mercado Financeiro – Jeremy Siegel
  • O Investidor Inteligente – Benjamin Graham
  • Os Segredos da Mente Milionária – T. Harv Eker
  • Pai Rico, Pai Pobre – Robert Kiyosaki e Sharon Lechter

Além de estudar sozinho, também é essencial conversar com outras pessoas que investem para saber de suas experiências. Essa troca pode ser super positiva e todos os lados tendem a ganhar.

Ganhe mais dinheiro e tenha mais liberdade

Ser um Materialize Partner tem inúmeras vantagens, e uma delas é a maior possibilidade de ganhos, já que você pode trabalhar por minuto e ainda é responsável por organizar sua rotina de trabalho. 

Aliando essa possibilidade com investimentos certeiros, o caminho para uma vida próspera fica cada vez mais possível. Entre em contato com a gente para entender melhor como ser um Materialize Partner!

CADASTRE-SE COMO ESPECIALISTA PARCEIRO(A)
 

Investir o seu dinheiro é colocá-lo para trabalhar para você, e isso é muito valioso. E você? Já investe em alguma aplicação? Esperamos que esse conteúdo tenha te ajudado a entender melhor sobre o assunto.

Aproveite para ler também sobre a Open Talent Economy, um novo modelo de trabalho que está revolucionando as relações trabalhistas, assim como os investimentos estão revolucionando o mercado financeiro tradicional.

Post anterior
Full Stack X Especialista: qual contratar para o seu projeto?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Contrate um Desenvolvedor da Materialize. Otimize tempo e orçamento no seu projeto.

SOLICITE UMA PROPOSTA

Últimos posts

Contrate um Desenvolvedor da Materialize. Otimize tempo e orçamento no seu projeto.

SOLICITE UMA PROPOSTA
Menu