Tecnologia

Full Stack X Especialista: qual contratar para o seu projeto?

A importância dos profissionais que trabalham com desenvolvimento de software – os desenvolvedores – é inegável. Essas pessoas nunca foram tão disputadas e esse trabalho é cada vez mais valorizado. Mas não existe apenas um tipo de desenvolvedor, eles podem ser full stack ou especialistas.

Você sabe exatamente o que significam essas duas coisas e quais são as vantagens e desvantagens de cada caso? Já adiantamos que não existe apenas uma resposta certa. O que vai definir qual profissional você precisa contratar são as particularidades do seu projeto.

Nesse artigo, vamos solucionar as principais dúvidas que cercam esse assunto, bem como dar uma visão completa dos prós e contras que envolvem a contratação de full stack e especialistas. Veja também como podemos te ajudar nessa tarefa para tirar sua ideia do papel. Boa leitura!

O que faz um desenvolvedor full stack?

A tradução literal de “full stack” é “pilha completa”. Um pouco abstrato no português, não é mesmo? Mas o que importa mesmo é como esse conceito é aplicado no meio profissional dos desenvolvedores.

Um desenvolvedor full stack é aquele que se dedica a todas as partes do desenvolvimento de um projeto, desde o código do back end até o front end. Isso significa que ele cuida dos bastidores e também da parte que todo mundo vê. 

De acordo com o índice PYPL, os desenvolvedores full stack são conhecidos por programarem mais em Python, mas isso não é uma regra. Eles transitam por várias áreas e linguagens. No front end, eles podem usar os frameworks Vue.js e Angular, as ferramentas React, Node.js e várias outras. No back end, PHP, Java e NET são as mais comuns.

Eles ainda trabalham com linguagens de marcação, como HTML e CSS, e se dedicam a bancos de dados, testes de softwares, escalabilidade, arquitetura e roteiro de projetos.

Vantagens do desenvolvedor full stack

Esse profissional consegue interagir em várias situações e ter uma visão holística do software. Se a sua empresa procura generalistas e não está tão preocupada com detalhes a longo prazo, um full stack pode ser uma boa opção de contratação.

Além disso, o full stack consegue resolver alguns problemas e erros, mas seu processo pode ser mais demorado, já que ele conhece um pouco de cada parte do código.  

Os devs full stack também tendem a trabalhar bem com frameworks e bibliotecas personalizáveis.

Desvantagens do desenvolvedor full stack

Muitas pessoas têm a ideia de que contratar um full stack significa economia de tempo e dinheiro, mas a realidade costuma ser diferente. Como esses profissionais são mais generalistas, eles demoram mais tempo no desenvolvimento de um produto, até porque geralmente trabalham sozinhos.

A falta de especialização também resulta em profissionais menos atentos às minúcias de cada frente, como novas tendências e tecnologias. Eles sabem o essencial de tudo, mas muitas vezes não conhecem cada detalhe em profundidade.

Dependendo do projeto, o full stack pode não ser a melhor escolha, já que profissionais especializados poupam erros e bugs que podem passar despercebidos por profissionais generalistas.

E o especialista?

O especialista, como o próprio nome sugere, tem uma área de especialidade. Ele entende os pontos essenciais de desenvolvimento de software, mas resolveu se especializar mais em uma ou duas frentes e, algumas vezes, em apenas uma linguagem.

O profissional especialista tem anos de estudo e experiência no tipo de desenvolvimento que escolheu se aprofundar, por isso ele é mais preparado e qualificado.

Vantagens do desenvolvedor especialista

A qualidade do desenvolvedor especialista é inquestionável. Tem um projeto importantíssimo e não quer correr grandes riscos? Contrate um desenvolvedor especialista. Ele vai usar toda sua excelência para entregar o seu trabalho da melhor forma possível.

O especialista também está sempre antenado nas últimas novidades de sua área e consegue empregar mudanças com muita agilidade a um projeto. Como ele precisa dedicar sua atenção a somente uma coisa, ele consegue se aprofundar mais nela.

Embora o profissional especialista trabalhe em conjunto com outros devs para entregar um produto completo, ele costuma ter bastante autonomia, já que é um expert em resolver problemas.

Desvantagens do desenvolvedor especialista

Se você pretende contratar um especialista para trabalhar dentro da sua empresa, o salário desse profissional será bem alto. Por isso, muitas empresas acabam optando por apenas um desenvolvedor full stack, já que essa modalidade sai mais barato do que contratar especialistas.

Ao contratar os serviços da Materialize, você não precisa se preocupar em fazer essa escolha, já que é possível contratar o serviço de especialidades sob demanda e pagar somente pelos minutos contratados.

Full stack X Especialista

A essa altura, você deve estar se perguntando “então, qual a melhor opção?”. Essa pergunta depende de vários fatores.

Os dois tipos de profissionais são necessários no mercado, o que muda são seus objetivos.

Qual a melhor escolha para o seu projeto?

Para tomar essa decisão, é preciso listar todas as necessidades do seu projeto e também ter consciência de outras questões, como prazos, orçamento e a qualidade esperada. Depois de ter feito essa lista, pense em cada ponto e em qual profissional seria o mais indicado para aquela necessidade.

Essa “técnica” pode parecer meio fria, e é mesmo. Mas nesses momentos, é preciso agir de forma racional e ter base em evidências, não em achismos.

Também vale a pena trocar experiências com outras pessoas que já trabalharam com os dois tipos de profissionais, a fim de entender como eles podem ajudar no seu projeto. 

Para te ajudar, vamos indicar situações específicas que pedem a contratação de um full stack ou de um especialista. Vem ver!

Quando escolher cada um deles?

Você já viu todos os pontos fortes e pontos fracos do desenvolvedor full stack e do desenvolvedor especialista, além de ter entendido como funcionam seus trabalhos. Agora, vamos te mostrar situações mais realistas que podem se aplicar para a contratação desses profissionais.

Complexidade do projeto

Para um trabalho complexo e inovador, escolher especialistas é uma atitude mais inteligente, já que esses profissionais conseguem se dedicar às suas especialidades e costumam ser mais rápidos. Sabe aquela história de que a prática faz a perfeição? Então, esse poderia ser o mantra dos especialistas. Eles fazem tudo com mais qualidade, em menos tempo.

Se o seu projeto é algo que envolve uma solução já conhecida, um full stack pode dar conta dele de forma satisfatória. Enquanto o projeto não precisa de muitas documentações, os esforços de um full stack podem ser suficientes.

Orçamento

Como você pode ver, os especialistas no mercado costumam ser mais caros, mas essa informação não deve ser analisada isoladamente. O caro X barato é uma comparação que não cabe nesse contexto, pois é preciso analisar o custo-benefício.

Se você chegou à conclusão de que o seu projeto precisa de especialistas, mas quer contratar um full stack por ele ser mais barato, é melhor pensar de novo. Seu projeto pode atrasar e ter qualidade inferior, o que acaba saindo mais caro no fim das contas. É preciso analisar tudo com muita calma e consciência.

Na Materialize, você pode contratar especialistas por um valor justo, sem que essa decisão se torne um peso no seu orçamento. Contratar funcionários para ficar à disposição da sua empresa é custoso e, muitas vezes, acaba nem compensando.

Optamos por contratar apenas profissionais especialistas com experiência consolidada no mercado, especialistas em suas áreas. Verificamos, ao longo de centenas de projetos, quanto tempo e demais recursos são economizados quando um profissional consegue encontrar rapidamente a origem de algum problema e executar a respectiva solução. 

Muitas vezes, o que um profissional júnior gastaria semanas tentando descobrir, o especialista tem capacidade para resolver em poucos dias.

Prazo

Tem pressa para tirar a sua ideia do papel? Se a sua resposta foi sim, é bem provável que você precise de mais de um desenvolvedor, no caso, dois ou mais especialistas. Eles têm mais experiência e conseguem desenvolver soluções com mais agilidade. Lembre-se que tempo é um recurso precioso e tempo é dinheiro!

Se você tem objetivos claros com o seu projeto, a Materialize pode te ajudar com a metodologia  Design Sprint para que a sua ideia saia do papel com mais qualidade e agilidade.

Agora, se você está trabalhando em algo experimental, que não tem data para ficar pronto e não tem muitas ambições e pretensões, um dev full stack vai conseguir te ajudar de forma satisfatória.

Em resumo, deve-se considerar os principais pontos que podem interferir em um projeto, positivamente ou negativamente.

Avaliar o objetivo do projeto e sua complexidade é o primeiro aspecto que precisa ser analisado, pois isso guiará muitas decisões. O orçamento, claro, é o que determina a viabilidade da execução.

Depois que esses dois pontos forem decididos, é possível visualizar de forma mais clara quanto tempo será necessário para tirar todas as ideias do papel e colocar o projeto para rodar. E, obviamente, esse prazo varia de acordo com o profissional (ou profissionais) escolhidos.

Disponibilidade de profissionais

Entender como funciona o mercado desses profissionais também é importante, mas é um ponto que fica à parte dos outros já citados, porque isso varia muito de acordo com a região, com os salários praticados e com a proposta do projeto.

Com a possibilidade de contratar devs sob demanda e de forma remota, essa questão de disponibilidade não chega a ser um problema significativo. Agora, se você faz questão de ter um desenvolvedor à sua disposição de forma presencial, o cenário muda um pouco.

Contrate especialistas por um valor justo

Um dos motivos pelos quais a Materialize existe hoje é justamente essa questão das vantagens e desvantagens dos full stacks e dos especialistas. 

Sempre pensávamos: como oferecer um serviço que reúne as vantagens dos dois lados e elimina as desvantagens? Chegamos ao modelo de desenvolvimento de software por demanda, no qual trabalhamos com soluções personalizadas para cada projeto.

Você contrata especialistas por minuto, ou seja, só paga pelo tempo que eles trabalharem. É uma ótima alternativa para quem não quer ou não pode arcar com os custos de funcionários especialistas ou sub-utilizar generalistas.

Além de garantir todas as vantagens de ter um time de especialistas trabalhando no seu projeto, a Materialize ainda oferece acompanhamento em tempo real e flexibilidade para adicionar ou trocar profissionais.

Seu projeto desenvolvido com segurança

Se você tem uma ideia que não pode ir a público de forma alguma, ela estará segura com a Materialize. Todos os profissionais envolvidos no seu projeto precisam assinar um NDA (Acordo de Não-Divulgação) que garante a confidencialidade da sua ideia.

Os NDAs têm se tornado cada vez mais populares justamente por serem muito eficientes quando o assunto é segurança de informações. Caso esse acordo seja quebrado (algo que nunca aconteceu da nossa parte), as penalidades são altíssimas, o que desencoraja alguém de agir de má-fé.

Especialistas engajados e produtivos

Utilizamos a metodologia Design Sprint no desenvolvimento dos projetos, uma ferramenta que faz sucesso no meio da tecnologia por apresentar ótimos resultados em termos de produtividade e agilidade.

Além disso, nossos especialistas podem trabalhar de qualquer lugar do mundo e são eles que montam suas rotinas. O resultado disso não poderia ser diferente: desenvolvedores mais engajados, produtivos e felizes. Tudo isso interfere positivamente no trabalho, assim todo mundo sai ganhando.

Tem uma ideia e quer que ela seja desenvolvida pelos melhores especialistas do mercado? Entre em contato com a gente e solicite uma proposta. Será um prazer te ajudar nessa jornada!

SOLICITE UMA PROPOSTA
 

Escolher entre um desenvolvedor full stack e um especialista não é uma tarefa fácil, mas temos certeza que com todas essas informações você terá base para fazer uma boa escolha. Se o seu projeto é um app, veja aqui como escolher o desenvolvedor de aplicativos perfeito para a sua empresa.

Você já trabalhou com algum desses profissionais? Conta pra gente aqui nos comentários como foi sua experiência! Quem sabe sua opinião não ajuda outras pessoas?

Post anterior
MEI para programador é uma possibilidade? Entenda aqui
Próximo Post
5 dicas para começar a investir sua renda como profissional autônomo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Contrate um Desenvolvedor da Materialize. Otimize tempo e orçamento no seu projeto.

SOLICITE UMA PROPOSTA

Últimos posts

Contrate um Desenvolvedor da Materialize. Otimize tempo e orçamento no seu projeto.

SOLICITE UMA PROPOSTA
Menu